Valve condenada em França por impedir a revenda de jogos digitais no Steam

A organização Francesa UFC Que Choisir, dedicada à defesa dos direitos dos consumidores, obteve uma grande vitória sobre a Valve ao conseguir o anulamento de várias cláusulas que impediam a revenda de jogos digitais.

Segundo avançado pelo Numerama, esta é a culminação de quase três anos de processos e foi a 17 de Setembro de 2019 que um juiz do Tribunal Regional de Paris decretou o anulamento de várias cláusulas impostas no Steam.

A Valve proíbe a revenda de jogos digitais na sua plataforma e declara nos seus termos que as compras são estritamente pessoais e não permite que o utilizador venda ou transfira o direito de uso a terceiros.

Mais…

Share

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *