PlayStation “não está” interessada em consolas portáteis

ASony confirmou que não está a considerar a produção de mais consolas portáteis, por isso não esperem ver uma sucessora da PlayStation Vita.

Jim Ryan, atual presidente e CEO da Sony Interactive Entertainment, falou recentemente à Game Informer sobre os 25 anos de história da PlayStation. Inevitavelmente a conversa acabou por chegar à última portátil da companhia, altura em que confirmou não existirem planos para investimento na área.

“A PlayStation Vita era brilhante em vários sentidos e a experiência de jogabilidade em si era fantástica, mas claramente é um mercado do qual não fazemos mais parte.” disse Ryan.

A resposta vai de acordo com o que Jack Tretton, antigo CEO da Sony Computer Entertainment America, tinha dito ao IGN em 2016 sobre a PS Vita.

“Agora que já não trabalho lá, julgo que internamente pensavam: ‘Isto é uma excelente máquina, simplesmente chegou tarde demais.’ O mundo mudou para dispositivos portáteis, que não são dedicados a jogos,” afirmou Tretton.

No fundo é esse o sentimento que a Sony tem vindo a espelhar desde 2015, quando Shuhei Yoshida disse que uma sucessora à PS Vita era improvável dado que “a altura não era propícia” considerando o estado do mercado mobile.

A única vez que vimos a PlayStation contradizer esta linha de pensamento foi quando o próprio chefe da PlayStation, John Kodera, afirmou em 2018 que queria continuar a explorar o mercado de consolas portáteis.

“Em vez de separarmos os videojogos das consolas, é necessário continuar a pensar em formas de disponibilizar mais experiências de jogo e explorar o que os nossos consumidores procuram numa portátil.” disse Kodera na altura.

Esta afirmação por parte de Jim Ryan confirma que o foco da PlayStation não passa atualmente pelas consolas portáteis, embora isto não signifique que a companhia descarte por completo o desenvolvimento de experiências nesse formato.

O foco da companhia está agora na futura máquina da Sony, da qual já vimos o kit de desenvolvimento e que até já se encontra em pré-reserva em vários retalhistas de todo o mundo.


André Henriques é o “puto” do IGN Portugal, viciado em jogos Hack and Slash, japonesices, música e basquetebol. Podes segui-lo em @Andretgv0

Share