Análises

Need for Speed Payback – Análise

Depois de um “reboot” com Need For Speed, a Electronic Arts regressa com novo episódio da série, novamente a…

Continue reading

Horizon: The Frozen Wilds – Análise

Horizon: Zero Dawn permanece até agora como um dos meus jogos favoritos de 2017. A Guerrilla Games criou um…

Continue reading

Guardians of the Galaxy: The Telltale Series – Análise

Quando jogámos o primeiro episódio de Guardians of the Galaxy: The Telltale Series, não ficámos completamente convencidos. O jogo ainda…

Continue reading

Sonic Forces – Análise

Depois de Sonic Mania em Agosto, um regresso às origens movido pela nostalgia e desenvolvido por fãs…

Continue reading

DOOM na Nintendo Switch – Análise

DOOM consagrou-se em 2016 como um dos melhores jogos de tiros do ano e conseguiu revitalizar um clássico de…

Continue reading

Hob – Análise

  A Runic Games não é um estúdio que lance muitos jogos, mas já provou que os sabe fazer. Basta…

Continue reading

Gran Turismo Sport – Análise

Quando revelou Gran Turismo Sport, o criador da saga, Kazunori Yamauchi, deixou bem claro que estavam a afastar-se do modelo…

Continue reading

South Park: The Fractured but Whole – Análise

  South Park: The Fractured but Whole (A Fenda que Abunda Força em português do Brasil) começa de forma inocente….

Continue reading

Ghost Recon: Wildlands – Análise

Alguns jogos em mundo aberto (e em particular os da Ubisoft) são criticados por arriscarem pouco, por seguirem fórmulas…

Continue reading

Toukiden 2 – Análise

A série Monster Hunter é um daqueles casos curiosos de uma conceito que tem grande sucesso no Japão, mas…

Continue reading