Análises

Bayonetta Switch – Análise

Não há muito para dizer sobre o primeiro Bayonetta que já não tenha sido dito antes. Esta…

Continue reading

Owlboy – Análise

É uma altura maravilhosa para se gostar de videojogos. O problema não está em encontrar qualidade e diversidade, está…

Continue reading

The Men of Yoshiwara: Kikuya – Análise

Yoshiwara é uma espécie de “red light district”, um distrito do prazer e sonho onde as mulheres encontram uma…

Continue reading

Under Night In-Birth Exe [st] – Análise

Não me lembro de um mês tão forte em lançamentos de jogos de luta como o último. Em pouco…

Continue reading

Railway Empire – Análise

Railway Empire possui um conceito básico extremamente simples: criar uma rede de caminhos-de-ferro de maneira a ligar diferentes cidades…

Continue reading

Dragon Quest Builders (Switch) – Análise

Dragon Quest é uma das mais antigas franquias do género role play. No Japão, é elevada ao estatuto de…

Continue reading

EA Sports UFC 3 – Análise

Vou ser directo: não há nada mais frustrante num jogo do que perder ou sentir que estamos a ser…

Continue reading

Night in the Woods – Análise

Night in the Woods chegou em Fevereiro de 2017, num momento em que ainda existia imensa incerteza em torno…

Continue reading

Dissidia: Final Fantasy NT – Análise

Depois do lançamento inicial nas arcadas Japonesas, a Square Enix apresenta agora Dissidia: Final Fantasy NT em versão de…

Continue reading

Monster Hunter World – Análise

São poucos, para não dizer raros, os jogos que apresentam verdadeiros ecossistemas, onde fauna e flora se projectam de…

Continue reading